A+ A- Acessibilidade
EnglishPortuguese
Buscar

Senso Comum, Modelos do Mundo Real e IA

O universo da IA está em constante transformação, e as pesquisas na área muitas vezes retornam aos fundamentos para reimaginar o desenvolvimento das tecnologias. Yann LeCun, uma das mentes por trás do nascimento do aprendizado profundo, tem reconsiderado as principais abordagens utilizadas atualmente para criar sistemas artificiais.

LeCun explica que, se estamos em busca da Inteligência Artificial Geral, devemos olhar com atenção para o funcionamento do senso comum. Esse é o raciocínio intuitivo através do qual conseguimos conectar informações, compreender e agir, mesmo quando não conhecemos tudo ao nosso redor.

A capacidade de ajustar o nível de detalhamento, tanto das informações como das ações, é algo que LeCun coloca como fundamental à IA. Para isso, o pesquisador propõe unir ideias antigas sobre arquiteturas cognitivas e abordagens modernas de aprendizado profundo, redes neurais e aprendizagem por reforço.

O objetivo de LeCun é criar um modelo capaz de reconhecer aspectos relevantes no mundo e, a partir dessa “experiência mundana”, fazer predições. Mas esse é um trabalho bastante complexo, e o especialista ainda não sabe como desenvolver o modelo ou como lidar com ele quando estiver funcionando.

As incertezas de LeCun levantam dúvidas por parte de seus colegas, principalmente sobre questões éticas relativas ao controle das ações dessa IA. Porém, de forma geral, especialistas apontam que as indagações de LeCun, mesmo não alcançando seu objetivo principal, são importantes para continuarmos refletindo criticamente sobre o futuro da IA.

Leia mais sobre esse assunto aqui.

EnglishPortuguese